Relatório de actividades da AEZA em 2016
Aljezur, 11 de Fevereiro de 2017

Durante o ano de 2016, a AEZA continuou com a sua actividade principal e com o trabalho que já vinha fazendo nos anos anteriores, no sentido de proteger os animais abandonados, negligenciados ou de donos carenciados do concelho de Aljezur.

Assim e de forma resumida, a actividade desenvolvida durante o ano de 2016, foi esta:

Cães

Entraram 154 novos animais no abrigo.

Destes, 21 foram devolvidos aos seus donos, 13 morreram por doença ou idade avançada, 3 foram eutanasiados por razões de saude, 136 foram adoptados: 35 em Portugal / 93 Alemanha / 8 Reino Unido.

Nesta data temos a cargo 65 cães, 36 no abrigo e 29 em famílias de acolhimento.

Gatos

A AEZA tem neste momento 5 gatos a seu cargo, 2 no gatil e 3 em FAT.
Durante o ano entraram 41 gatos no “ nosso gatil”, entre adultos e bebés.
Dos quais:
1 foi entregue ao dono.
2 gatinhos morreram.
35 foram adoptados (16 em Portugal, 9 no Reino Unido, 9 na Alemanha e 1 em França)

A AEZA ajuda 13 colónias de gatos silvestres, esterilizando-os, fornecendo ração e cuidados médicos quando necessário.
A alimentação diária é, na maior parte das colónias, garantida pelos moradores locais, o que tem sido uma ajuda preciosa para nós.

Todos os animais adoptados foram previamente vacinados, desparasitados e esterilizados.

Tal como em anos anteriores, com o patrocinio da AEZA, com a ajuda da CM de Aljezur e a colaboração da CVA, Drª Gabi Clemens e Dr. Pedro Kaisler, foi possivel organizar a campanha de esterilização / castração, onde foram contemplados 210 animais ( cães e gatos ), provenientes de famílias de baixos recursos, animais abandonados, ou de pessoas que de outra forma não tomariam esta iniciativa tão prioritária, que tem como objectivo o controlo populacional de animais errantes.

Por ainda não estarem reunidas condições para podermos albergar gatos, os felinos que são recolhidos, estão em famílias de acolhimento ou são mantidos em colónias de rua, devidamente esterilizados e alimentados.

De salientar que ainda durante este mês iremos avançar com a construção de um gatil, em terreno cedido pela Camara Municipal.

Para cumprir os seus objectivos, a AEZA contou com o apoio da Câmara Municipal de Aljezur, da ACCT, da APAA, Nandy Fund, Sandra Wieser, Mónika Haucke, Friends of AEZA; da CVA e da Clínica veterinária do Ferrel, dos muitos voluntários que desempenham variadas funções tais como: limpeza do canil aos fins de semana, participação em feiras e eventos, realização de pequenas obras, famílias de acolhimento temporário, etc, etc, etc…

Neste momento contamos com 117 sócios activos, 7 novos em 2016,
apesar de alguns não terem as quotas em dia, mas que estão em fase de regularização .

Mantemos a colaboração de um funcionário de limpeza do canil, a Judite Pereira, durante os dias úteis da semana.

Algumas obras de manutenção e de melhoria das instalações continuam a ser realizadas sempre que necessário e de forma continuada, sendo estas geralmente patrocinadas pela CM de Aljezur no que respeita a materiais, e pela AEZA no que respeita a mão de obra.

Todas as semanas âs terças, sextas e domingos, se realiza o passeio com os cães do nosso abrigo, que é uma actividade essencial para o convívio entre pessoas e animais, para além de essencial para a liberdade e bem-estar dos nossos cães.

Os tratamentos e a desparasitação dos animais tem continuado de forma regular para os que estão no abrigo, mas também para animais ao cuidado de pessoas carenciadas, às quais oferecemos desparasitantes ou outros tratamentos, com a regularidade necessária.

O processo de instalação de electricidade no canil foi concluido!

Adquirimos uma nova viatura, em substituição da que tinhamos, com a principal razão de esta ter mais espaço disponivel, para transporte das caixas até ao aeroporto onde os animais viajam para outros paises.

Esta viatura foi gentilmente doada pela Nandy Charity shop.

Para podermos financiar todas as actividades atrás referidas, grandes esforços têm sido feitos para angariação de fundos, por exemplo: à semelhança de anos anteriores, a AEZA esteve presente no Festival da Batata Doce, nas Feiras de Velharias da AMOVATE, na banca de venda de artigos aos sábados de Agosto no mercado municipal, em sorteios e outros eventos onde se divulgou o trabalho da associação e se angariou fundos e novos sócios.
Também a farmácia de Aljezur organizou um evento com o proposito de ajudar a AEZA.

Muitas outras coisas foram feitas e muito haverá ainda a fazer.
Contudo, iremos continuar o nosso caminho e para isso esperamos contar com o apoio de todos os que nos tem ajudado e outros que porventura possam e queiram juntar-se a nós.

A AEZA é um bom exemplo, reconhecido por muitos, dentro e fora do concelho de Aljezur e do País.

De salientar que a actividade da AEZA, trata directamente com vidas.
Tal como os bombeiros ou outras entidades que trabalham com a vida, sejam de pessoas ou de animais, não se podem dar ao luxo de não fazer já e deixar para amanhã.
Quando está um animal atropelado na via pública a agonizar, não interessa se é fim de semana ou feriado, pois alguém tem de resolver a situação, de imediato!

Os voluntários da AEZA tem feito este serviço público ao longo de 16 anos, de forma voluntária e altruísta, apenas por amor à causa e a bem do concelho de Aljezur e do país!

Esperamos poder continuar a mudar o mundo e a fazer acontecer, por muitos e bons anos…

Agradecimentos finais a todos os envolvidos, não podendo deixar de salientar algumas pessoas que são a alma e a sustentação, que permite que este barco continue a navegar, 24 horas por dia e 365 dias por ano, portanto, um agradecimento especial à Kerry Gross; à Faith Clements; à Isabel Motta; à Jane Blum, à Lurdes Bento, pedindo desde já desculpa se algum nome ficou esquecido.

Saudações Ecologistas e Zoófilas,

A Direcção da AEZA

Pin It on Pinterest